A técnica de enxertos ósseos é utilizada para reconstruir a arcada dentária de pessoas que perderam um ou mais dentes por causa de acidentes ou de extrações. Em alguns casos o osso perde espessura e altura e o seio maxilar aumenta dificultando o implante.

Para que o paciente possa sorrir novamente e ter uma boa estética bucal, o enxerto devolve o volume perdido ao osso atrofiado e em seguida, o dentista pode fazer o número de implantes necessários. Ele pode ser feito com material do próprio paciente (autógeno), retirado de animais – enógeno (osso liofilizado bovino - genox), de bancos de ossos (transplante ósseo) ou usar materiais vítreos sintéticos – bioss (alógeno) e precursor ósseo (hidroxiapatita sintética).

 

enxerto banco de osso

Fragmento de osso do banco de ossos do Hospital das Clínicas-USP.

Este protótipo é normalmente confeccionado a partir de uma tomografia computadorizada 

 

 

Uma das vantagens do enxerto com ossos de um banco de tecidos é a rapidez, a cirurgia dura cerca de 20 a 30 minutos, dependendo do tamanho da área . O tempo operatório e o pós-cirúrgico são melhores, já que a anestesia é local e o procedimento é realizado no consultório do dentista.

Além disso, o paciente não precisa passar por duas cirurgias, uma para retirar o osso (nos casos autógenos) e outra para colocar o enxerto. A reabsorção do osso também é melhor, três vezes menor do que outro tipo de enxerto, já que os locais de onde foram retirados possuem mais compatibilidade com a área receptora.

 

11 3262-4750

WhatsApp │ 11 99598-1866

Fale Conosco  contato@implart.com.br

Skype │clinica_implart

Facebook │ ImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter │ @implart

Instagram │ ClinicaImplart

 

 

 

Palavras-chave: enxerto ósseo, banco de ossos, implante, dentista, procedimento, osso, arcada dentária, banco de tecidos, cirurgia


IMPLANTE DENTAL FB

 

 

 

Estética Dental

Implante Dentário